Saúde

Dranagem linfática: o que é e quando fazer

Publicado em:

30/1/2024

Atualizado em:
30/1/2024
Drenagem linfática

A drenagem linfática é uma forma de terapia de massagem que visa estimular o sistema linfático, um componente crítico do sistema imunológico do corpo.

A técnica é projetada para facilitar a circulação dos fluidos linfáticos, que transportam células imunes e produtos residuais fora dos tecidos e de volta para a corrente sanguínea, onde podem ser filtrados pelos órgãos linfáticos e, por fim, eliminados do corpo.

Para que Serve a Drenagem Linfática:

1. Redução do Inchaço e Retenção de Líquido:

A massagem ajuda a reduzir o inchaço e a retenção de líquidos, especialmente em casos de linfedema, que ocorre quando o sistema linfático está comprometido e não consegue remover eficientemente o líquido dos tecidos.

2. Apoio à Recuperação Pós-Operatória:

Frequentemente utilizada após cirurgias, incluindo procedimentos estéticos, para diminuir o inchaço e acelerar o processo de cura.

3. Alívio para Síndrome Pré-Menstrual (PMS):

Pode ser benéfica para aliviar sintomas de PMS, como inchaço e tensão.

4. Promoção do Relaxamento:

Pessoas relatam uma sensação de relaxamento após as sessões de drenagem linfática, possivelmente devido ao efeito calmante da massagem leve.

5. Melhoria da Circulação:

A técnica pode melhorar a circulação sanguínea e linfática, auxiliando na renovação celular e na saúde da pele.

Quando Fazer Drenagem Linfática:

Após Cirurgia: Para reduzir inchaço e promover a recuperação nos períodos pós-operatórios.

Para Linfedema: Como parte de um programa de manejo para condições que envolvem retenção crônica de líquidos.

Durante a Gravidez: Com autorização médica, pode ser usada para diminuir o inchaço das pernas, um sintoma comum.

Para Relaxamento e Bem-Estar: Pode ser uma terapia complementar para aqueles procurando relaxar e melhorar a sensação de bem-estar geral.

Considerações e Recomendações:

Profissionais Qualificados: Deve ser realizada por terapeutas de massagem ou fisioterapeutas treinados e qualificados, pois uma aplicação incorreta pode causar danos ou ser ineficaz.

Contraindicações: Pessoas com certas condições de saúde, incluindo infecções ativas, problemas cardíacos e trombose, não devem realizar drenagem linfática.

Frequência: Dependendo da finalidade, a frequência das sessões de drenagem linfática pode variar. É melhor obter um plano personalizado de um profissional.

Combinação com Outras Práticas: Pode ser mais eficaz quando combinada com outras práticas de saúde, como exercícios regulares e dietas balanceadas.

Dificuldade em perder peso, cansaço excessivo, falta de disposição?
Conheça a experiência LitiHomem-preparando-uma-salada
Quer saber mais sobre o tema:
Saúde
?
Newsletter Assuntos em Alta

Conclusão:

A drenagem linfática é uma técnica terapêutica que pode oferecer vários benefícios, especialmente no controle do edema e na promoção da recuperação pós-operatória e do relaxamento. Como qualquer terapia, deve ser adequadamente administrada e adaptada às necessidades e condições de saúde do indivíduo.

Mulher-abrindo-liti-box
Seu copiloto para um novo estilo de vida
Conte com um cuidado contínuo para perder peso e viver com saúde.
Conheça a Liti
Descubra o plano para você
Liti Saúde

Escrito por

Liti Saúde
Artigo em revisão médica
logo-spotifylogo-instagramlogo-youtubelogo-linkedin
Logo-liti
CNPJ: 41.932.733/0001-41
descubra o plano para você