Saúde

AVC: qual a relação com a alimentação?

Publicado em:

16/1/2024

Atualizado em:
16/1/2024
Cerebro humano

A alimentação desempenha um papel crucial tanto na prevenção quanto na recuperação do acidente vascular cerebral (AVC), também conhecido como derrame. O AVC ocorre quando há uma interrupção do suprimento de sangue para parte do cérebro, seja por um bloqueio (AVC isquêmico) ou por uma hemorragia (AVC hemorrágico).

A dieta pode influenciar vários fatores de risco envolvidos no desenvolvimento do AVC.

Prevenção de AVC Através da Alimentação:

1. Reduzindo a Pressão Arterial

Dietas ricas em frutas, vegetais, grãos integrais e baixas em sódio, saturadas e gorduras trans podem ajudar a reduzir a pressão arterial, um dos principais fatores de risco para o AVC.

2. Mantendo Níveis Saudáveis de Colesterol

Limitar o consumo de alimentos ricos em colesterol e gorduras saturadas pode ajudar a gerenciar os níveis de colesterol, outro fator de risco para AVC.

3. Controlando o Diabetes

Uma alimentação equilibrada ajuda no controle da glicose sanguínea, essencial para prevenir complicações do diabetes, que é um fator de risco para AVC.

4. Prevenção da Obesidade

Manter um peso saudável através de uma alimentação balanceada e atividade física é importante, já que a obesidade é um fator de risco conhecido para AVC.

5. Alimentação Anticoagulante

Indivíduos com risco de AVC isquêmico devido à fibrilação atrial ou outras condições podem necessitar de uma dieta que leve em conta interações com medicações anticoagulantes.

Alimentação Após AVC:

1. Facilitando a Deglutição

Após um AVC, muitos pacientes têm dificuldade de deglutição (disfagia), exigindo alimentos de fácil mastigação ou texturas modificadas.

2. Nutrição Adequada para Recuperação

Uma dieta rica em nutrientes é vital para apoiar a recuperação, fornecendo energia e os componentes necessários para a reparação do corpo.

3. Prevenindo Outros AVCs

Continuar com uma dieta saudável pós-AVC é crucial para prevenir recorrências e promover a saúde cardiovascular a longo prazo.

Dieta Recomendada para Prevenção e Recuperação de AVC

A dieta DASH (Dietary Approaches to Stop Hypertension) e a dieta mediterrânea, ambas ricas em frutas, vegetais, grãos integrais e gorduras saudáveis, são frequentemente recomendadas para controle dos fatores de risco de AVC.

Dificuldade em perder peso, cansaço excessivo, falta de disposição?
Conheça a experiência LitiHomem-preparando-uma-salada
Quer saber mais sobre o tema:
Saúde
?
Newsletter Assuntos em Alta

Conclusão: Alimentação e AVC

Uma abordagem de alimentação saudável pode ter um efeito significativo na redução dos riscos de AVC e é uma parte importante da recuperação e prevenção de futuros AVCs. Devido às alterações que o AVC pode causar na capacidade física e cognitiva, ajustes na dieta podem ser necessários e devem ser orientados por profissionais, incluindo nutricionistas e terapeutas de deglutição. Aconselhamento multidisciplinar é essencial para garantir uma alimentação apropriada e segura para sobreviventes de AVC.

Mulher-abrindo-liti-box
Seu copiloto para um novo estilo de vida
Conte com um cuidado contínuo para perder peso e viver com saúde.
Conheça a Liti
Descubra o plano para você
Liti Saúde

Escrito por

Liti Saúde
Artigo em revisão médica
logo-spotifylogo-instagramlogo-youtubelogo-linkedin
Logo-liti
CNPJ: 41.932.733/0001-41
descubra o plano para você